Cultura

Texto por Adriana Laurentino
Em algumas postagens apresentaremos a cultura caipira dentro do universo da cultura popular, mas, antes trabalharemos com o conceito de cultura para aprofundarmos sobre o que seria Cultura Popular e de que maneira as manifestações religiosas e sociais do caipira se insere nesse contexto. Para o texto a seguir elaboramos uma rápida definição do termo “cultura”, - já que este requer um estudo aprofundado.

Cultura não é um termo fácil de definir, a primeira pergunta que devemos fazer quando pensamos sobre cultura é de qual dimensão iremos tratar? Aqui falaremos como toda expressão humana, construção de coisas e ações, tudo o que caracteriza um determinado grupo humano.

A cultura de um povo é construída constantemente e sofre alterações com o passar do tempo, através da cultura o homem expressa suas relações com outros e com a realidade e é através dessa simbolização que consegue condensar e processar as informações que constrói no seu contato com a vida. Em cada lugar ela se apresenta de forma singular, e ao mesmo tempo em que é produto de um grupo social, possibilita a construção do mesmo.

Porque falar sobre cultura? É fundamental, hoje, discutir sobre tal tema, pois contribui para o entendimento dos processos de transformações porque passam as sociedades contemporâneas, através de sua compreensão é possível entender os caminhos que conduziram os homens à suas relações presentes, assim como suas perspectivas de futuro. A cultura não é algo estanque dentro de uma sociedade, ela é dinâmica e esse é um aspecto fundamental, pois ela se transforma junto com a historia e o processo social pelo qual passa os grupos que a vivenciam.

Para entendermos a cultura de um povo é necessário entender o processo histórico que a produz, pois está entrelaçada por relações históricas entre os diversos lugares e situações. Só compreendo o outro e sua cultura, se compreendo a minha realidade cultural e para entendê-la é necessário entender o processo histórico que a produz.

“(...) discutir sobre cultura implica sempre discutir o processo social concreto. (...) Lendas ou crenças, festas ou jogos, costumes ou tradições – esses fenômenos não dizem nada por si mesmos, eles apenas o dizem enquanto parte de uma cultura, a qual não pode ser entendida sem referência à realidade social de que faz parte, à história de sua sociedade.” (SANTOS, p. 46-47).

Cultura, em nossa concepção, é relativa e para entendê-la é necessário tomar cuidado com julgamentos e Pré-Conceitos, pois ela faz parte de uma construção histórica singular e nosso ponto de vista parte de um determinada realidade cultural que influencia diretamente em nossos olhares e posicionamentos.

A cultura caipira está inserida em uma ramificação do conceito de cultura que é a cultura popular. A cultura popular rural também se diferencia daquela que encontramos nos centros urbanos, pois tem outros objetivos e significações, porém falar de cultura popular é um outro universo que deixaremos para a próxima postagem.

Para saber mais:
SANTOS, José Luiz dos. O que é cultura.
ARANTES, Antonio Augusto. O que é cultura popular.

Adriana

Um comentário:

Carmem Toledo disse...

E viva todos os tipos de cultura!
Belo texto, Adriana!
Beijão!